Torta de Chocolate e Limão


User Avatar
Member since 2007
No Video

Serves | Prep Time | Cook Time

Why I Love This Recipe

Na minha mesa: por que um pato? Porque é simples e ainda assim sofisticado

Minha família tira uma da minha cara porque quando eles telefonam enquanto cozinho e perguntam o que estou fazendo, eu respondo: “Frango assado”.

Na verdade não entendo direito a piada. Eu realmente acredito que a maioria das pessoas, se pudesse escolher, gostaria de comer frango assado para o jantar.

E o prato certamente representa a melhor recompensa que consigo imaginar para o esforço na cozinha.

Ainda que eu não quisesse oferecer aos amigos o mesmo jantar toda a vez que eles aparecem para uma reuniãozinha.

Esse menu, peito de pato com salada de tomate e feijão vermelho acompanhada por uma torta de chocolate com limão, torna uma refeição simples num acontecimento.

O pato tem uma afinidade tradicional com a laranja, e você não precisa preparar molhos sofisticados para provar que essa combinação funciona.

Da mesma forma que eu era aficcionada por frangos assados, parece que tenho uma função para marinar automaticamente.

No momento em que chego do açougue com pedaços de frango, costelas de porco, filés de carne ou qualquer outra coisa, eu os jogo num saco de freezer e adiciono óleo; alguma coisa ácida na forma de fruta cítrica ou um bom jerez ou um vinagre tinto; cebola, ervas ou especiarias; e alho.

Daí junto gotas de shoyu ou molho inglês e um pouco de álcool: às vezes vinho, às vezes brandy, até mesmo saquê ou vodka.

Fecho o saco e deixo no refrigerador pelo menos um dia para ele fazer seu trabalho, minimizando o meu. Sei que a carne vai ficar com um ótimo sabor e vai cozinhar sem secar, o que pode ser um problema para pequenos pedaços.

Isso é muito importante quando a carne é magra, como o pato, uma vez que eu tiro a gordura. Agora, amo a pele tostadinha dele, mas você pode arranjar uma boa bagunça ao cozinhar o pato com a pele.

Gosto de uma base irregular e pesada para cozinhar peitos de pato, mas um broiler ou uma chapa (talvez seja necessário adicionar óleo em último caso) serve também.

Depois, deixe-os descansar antes de cortá-los em fatias finas na diagonal para serem dispostos numa travessa com ou sem cebolinha picada – como preferir.

Você pode ocupar-se com a marinada segundo seu paladar. Se você não quiser óleo de chili, óleo de alho ou azeite também serve. Pode adicionar aniz-estrela ou gengibre. Use jerez ou marsala no lugar do vinho.

Faça o que bem entender: o princípio ainda funciona.

Fico feliz o bastante em oferecer apenas um acompanhamento, uma salada vermelha que sustenta até mesmo os mais comilões. É importante deixar as fatias da cebola macerarem em vinagre tinto (que seja bom, caso contrário ficará cáustico).

Isso não vai deixá-las apenas leves, como também dá um tempero com uma acidez familiar. O sabor fica mais adocicado, e a sensação de queimação vai embora.

Jogue esse monte de cebola numa tigela de feijões vermelhos lavados e escorridos com um pouco de azeite e tomates cereja, cortados ao meio e temperados com sal.

Vale a pena ressaltar que juntando alguns cubos de queijo feta a salada vira um ótimo prato principal vegetariano, entretanto fica para uma outra refeição.

A sobremesa é a própria simplicidade, contudo longe de ser banal.

Na verdade, você está fazendo uma torta de limão galego, e apenas o suco é do limão. Junte cacau a uma base feita com bolacha maisena, e coloque chocolate ralado na cobertura no final. Eu gosto de espalhar um creme e decorar com motivos que lembram rosas ao redor da borda, mas parece dar muito trabalho, então esqueça.

Ao substituir os ovos da torta de limão por creme, sai uma torta que não precisa ser assada, mas apenas batida para ser levada à geladeira, o que torna a vida muito mais fácil.

E não é isso mesmo que a gente quer?

Pato marinado em vinho tinto e laranja

Tempo de preparo: 20 minutos, mais o período entre 1 hora e 24 horas marinando


Ingredients You'll Need

Ingredientes

½ xícara de vinho tinto
1 colher (sopa) de óleo de chili
1 colher de sopa de molho inglês
1 colher de sopa de molho de soja (shoyu)
1 laranja, com seu sumo separado e sua casca cortada em tirinhas
4 peitos de pato, sem pele e sem gordura
Azeite
2 colheres (sopa) de cebolinhas picadas, para decorar


Directions

Na minha mesa: por que um pato? Porque é simples e ainda assim sofisticado


Minha família tira uma da minha cara porque quando eles telefonam enquanto cozinho e perguntam o que estou fazendo, eu respondo: “Frango assado”.


Na verdade não entendo direito a piada. Eu realmente acredito que a maioria das pessoas, se pudesse escolher, gostaria de comer frango assado para o jantar.


E o prato certamente representa a melhor recompensa que consigo imaginar para o esforço na cozinha.


Ainda que eu não quisesse oferecer aos amigos o mesmo jantar toda a vez que eles aparecem para uma reuniãozinha.


Esse menu, peito de pato com salada de tomate e feijão vermelho acompanhada por uma torta de chocolate com limão, torna uma refeição simples num acontecimento.


O pato tem uma afinidade tradicional com a laranja, e você não precisa preparar molhos sofisticados para provar que essa combinação funciona.


Da mesma forma que eu era aficcionada por frangos assados, parece que tenho uma função para marinar automaticamente.


No momento em que chego do açougue com pedaços de frango, costelas de porco, filés de carne ou qualquer outra coisa, eu os jogo num saco de freezer e adiciono óleo; alguma coisa ácida na forma de fruta cítrica ou um bom jerez ou um vinagre tinto; cebola, ervas ou especiarias; e alho.


Daí junto gotas de shoyu ou molho inglês e um pouco de álcool: às vezes vinho, às vezes brandy, até mesmo saquê ou vodka.


Fecho o saco e deixo no refrigerador pelo menos um dia para ele fazer seu trabalho, minimizando o meu. Sei que a carne vai ficar com um ótimo sabor e vai cozinhar sem secar, o que pode ser um problema para pequenos pedaços.


Isso é muito importante quando a carne é magra, como o pato, uma vez que eu tiro a gordura. Agora, amo a pele tostadinha dele, mas você pode arranjar uma boa bagunça ao cozinhar o pato com a pele.


Gosto de uma base irregular e pesada para cozinhar peitos de pato, mas um broiler ou uma chapa (talvez seja necessário adicionar óleo em último caso) serve também.


Depois, deixe-os descansar antes de cortá-los em fatias finas na diagonal para serem dispostos numa travessa com ou sem cebolinha picada – como preferir.


Você pode ocupar-se com a marinada segundo seu paladar. Se você não quiser óleo de chili, óleo de alho ou azeite também serve. Pode adicionar aniz-estrela ou gengibre. Use jerez ou marsala no lugar do vinho.


Faça o que bem entender: o princípio ainda funciona.


Fico feliz o bastante em oferecer apenas um acompanhamento, uma salada vermelha que sustenta até mesmo os mais comilões. É importante deixar as fatias da cebola macerarem em vinagre tinto (que seja bom, caso contrário ficará cáustico).


Isso não vai deixá-las apenas leves, como também dá um tempero com uma acidez familiar. O sabor fica mais adocicado, e a sensação de queimação vai embora.


Jogue esse monte de cebola numa tigela de feijões vermelhos lavados e escorridos com um pouco de azeite e tomates cereja, cortados ao meio e temperados com sal.


Vale a pena ressaltar que juntando alguns cubos de queijo feta a salada vira um ótimo prato principal vegetariano, entretanto fica para uma outra refeição.


A sobremesa é a própria simplicidade, contudo longe de ser banal.


Na verdade, você está fazendo uma torta de limão galego, e apenas o suco é do limão. Junte cacau a uma base feita com bolacha maisena, e coloque chocolate ralado na cobertura no final. Eu gosto de espalhar um creme e decorar com motivos que lembram rosas ao redor da borda, mas parece dar muito trabalho, então esqueça.


Ao substituir os ovos da torta de limão por creme, sai uma torta que não precisa ser assada, mas apenas batida para ser levada à geladeira, o que torna a vida muito mais fácil.


E não é isso mesmo que a gente quer?


Pato marinado em vinho tinto e laranja


Tempo de preparo: 20 minutos, mais o período entre 1 hora e 24 horas marinando


Ingredientes


½ xícara de vinho tinto


1 colher (sopa) de óleo de chili


1 colher de sopa de molho inglês


1 colher de sopa de molho de soja (shoyu)


1 laranja, com seu sumo separado e sua casca cortada em tirinhas


4 peitos de pato, sem pele e sem gordura


Azeite


2 colheres (sopa) de cebolinhas picadas, para decorar


1. Coloque o vinho, o óleo de chili, o molho inglês, o shoyu, o suco de laranja e as cascas num saco de freezer, agite bem e junte os peitos de pato. Feche o saco e misture outra vez. Leve ao refrigerador por no mínimo 1 hora e no máximo 24 horas.


2. Retire o pato e o excesso da marinada. Aqueça e unte uma grelha, uma frigideira grill ou uma frigideira funda e frite os peitos de pato por 10 ou 15 minutos, virando-os sempre. Se preferir, os peitos fritos podem ser enrolados em papel alumínio e reservados por 10 minutos até o momento de servir.


3. Para servir, corte em tiras finas diagonais e arrume-as na travessa. Despeje a mistura marinada ou cubra com uma leve camada. Decore com a cebolinha e sirva.


Rendimento: 6 porções


Salada de feijão-vermelho, cebola roxa e tomate


½ cebola roxa, cortada em fatias finas


2 colheres (sopa) de vinagre tinto de boa qualidade


2 xícaras de tomate cereja


1 colher (chá) de sal grosso, mais se necessário


1 lata de de 400g de feijão vermelho enlatado, lavados e escorridos


2 colheres (sopa) de azeite extra-virgem


1. Misture a cebola e o vinagre. Reserve durante 3 horas para macerar ou enquanto você prepara o resto da salada.


2. Corte ao meio os tomates cereja e coloque-os numa travessa, salpicando uma colher (chá) de sal sobre eles. Junte o feijão vermelho, a mistura de cebola e vinagre e o azeite. Misture tudo, tempere com sal e sirva.


Rendimento: 6 porções


Torta de chocolate com limão


Tempo de preparo: 30 minutos, mais 2 horas ou uma pernoite de congelamento


Ingredientes


1 ¾ xícara de bolacha maisena moída


1 ½ colheres (sopa) de cacau


6 colheres (sopa) de margarina em temperatura ambiente


4 limões


1 lata (cerca de 1 ¼ xícara) de leite condensado


1 ¼ xícara de creme de leite, se preferir, para decorar


1 tablete de 40g de chocolate meio-amargo


1. Numa tigela, misture a bolacha moída, o cacau e a manteiga. Forre uma assadeira média de fundo removível e deixe uma borda de 2 cm. Leve à geladeira em seguida.


2. Rale 2 colheres (sopa) de casca de limão e reserve. Esprema o suco (cerca de ¾ de xícara) e reserve. Misture o leite condensado, 1 ¼ xícara de creme de leite, as raspas e o suco de limão. Bata até engrossar e formar um creme denso. Espalhe sobre a assadeira forrada com a massa, deixando a borda visível. Leve à geladeira por no mínimo 2 horas ou deixe por toda a noite.


3. Para servir, remova o fundo da assadeira. Se preferir, bata os ¾ do creme até engrossar e decore ao redor da borda. Polvilhe com chocolate em pó. Sirva imediatamente: a torta irá desmanchar se ficar em temperatura ambiente.


Questions, Comments & Reviews



More Great Recipes: Dessert | Misc. Dessert
Disney's Tinker Bell Secret of the Wings Cookbook
By BakeSpace Fairies

6 Recipes

450 Downloads
FREE
'CHEF' the Film Cookbook: Recipes from El Jefe
By CHEF the Film

6 Recipes

11274 Downloads
FREE
The Official "Burnt" Movie Cookbook
By Burnt Movie Cookbook

7 Recipes

51081 Downloads
FREE
Oreo Balls
Oreo Balls
Slutty Brownies
Slutty Brownies
Mixed Berry Tart
Mixed Berry Tart